Chegada de gestores internos e especialistas começa a evidenciar seus primeiros resultados

Confira experiências que têm apresentado excelentes resultados na aplicação da nova forma de atuar nos territórios do ReDes

Em 2017, o Programa ReDes trouxe uma nova forma de atuar nos territórios. Entre as novidades, a chegada de profissionais com experiências nas necessidades da cadeia produtiva de cada negócio, selecionados conforme as demandas e com a preocupação de capacitar o grupo produtivo para trabalhar seus desafios de gestão.

Boa Prosa traz três experiências com excelentes resultados na aplicação deste novo formato, que vem sendo testado em localidades-piloto. São exemplos de gestor interno ou especialista contratado para focar na gestão, produção e comercialização de cada negócio. Confira:

Gestor interno: Reviravolta

Reviravolta é um negócio inclusivo organizado pela Cooperativa dos Agentes Autônomos de Reciclagem, da cidade de Nossa Senhora do Socorro (SE), com apoio da Votorantim Cimentos. Teve início em 2015 e já passou pelas etapas de compra de equipamentos e definição de rota para a coleta seletiva no município, além da articulação de parcerias com agentes locais.

Há pouco mais de um mês, a cooperativa ganhou novo ânimo, com a contratação de Victor Teixeira da Silva Aragão, gestor interno que veio para implementar processos de gestão e capacitar os cooperados para a administração do negócio.
Sua expertise deve qualificar o trabalho, ampliar o volume coletado e melhorar os canais de venda da cooperativa de reciclagem.

Quiteria da Silva integra o grupo produtivo e fez parte do processo de escolha do novo gestor. “Além de entender do trabalho de reciclagem, escolhemos uma pessoa com bom perfil para trabalho em grupo. Hoje, ele nos ensina desde como enviar um e-mail até noções de fluxo de caixa, como o acompanhamento do que entra e o que sai, o cronograma dos caminhões e o controle de pesagem da coleta, o que tem sido essencial para nós”, conta.

Especialista em produção: Cooperfan

Desde do início do projeto em 2013, a Cooperfan, localizada em Paracatu (MG), vem estruturando, com apoio da Votorantim Siderurgia e a Nexa Resources, sua cadeia de criação de frango, para atender a demanda da agroindústria de abate e comercialização prevista no Programa ReDes.

Há três meses, a Cooperfan recebeu um reforço adicional fundamental: a chegada de Antônio Roberto Longuini Miranda, o Toninho, especialista focado na produção de frango caipira. Toninho tem revisado todo o projeto, desde o modelo de criação de frango até a planta do abatedouro e o mercado para escoar a produção.

Com a revisão de um especialista com mais de 20 anos de experiência no ramo, está sendo possível redimensionar o projeto dentro das necessidades da associação, aumentando assim as chances de sucesso do projeto.

Especialista em comercialização: Fábrica de biscoitos

A Fábrica de Biscoitos de Vidal Ramos (SC) existe desde 2015, com apoio da Votorantim Cimentos. Nestes anos, tem solidificado sua produção de biscoitos utilizando receitas tradicionais trazidas da Alemanha pelos primeiros colonizadores da região.

Mas agora, com a chegada de Rodolfo Fadino Neto, especialista em comercialização, o negócio tem respondido ainda melhor, aumentando, inclusive, a quantidade de pontos de venda.

Para Ione Maria Ern, que integra a equipe de gestão da fábrica, a presença do profissional tem sido excelente. “Rodolfo é um dicionário, ele entende de tudo. A gente fala aqui que ele deveria ter vindo antes. Não que estivéssemos fazendo errado, mas estávamos trabalhando ‘à nossa moda’ e ele nos ajudou a organizar o trabalho. O número de pedidos para entrega aumentou muito e estamos cada vez abrindo mais contatos”, conta Ione.