RESULTADO 1º EDITAL

Telemedicina Inteligente para
o enfrentamento da pandemia

Conheça os municípios selecionados:

Ananindeua (PA)

Aracaju (SE)

Caruaru (PE)

Cuiabá (MT)

Maringá (PR)

Mauá (SP)

São Bernardo Campo (SP)

Teresina (PI)

Como funciona a plataforma

O Edital Telemedicina Inteligente é uma das iniciativas do Instituto Votorantim para contribuir para o enfrentamento no avanço e gestão na pandemia, oferecendo para municípios com mais de 350 mil habitantes (IBGE, 2019) uma solução de triagem que utiliza um robô com Inteligência Artificial para triar e acompanhar pacientes com sintomas do COVID-19.

Com essa tecnologia, o município consegue fazer a gestão dos pacientes de forma mais eficiente, além de oferecer a possibilidade do município fazer teleatendimento e teleconsulta contribuindo assim, para evitar a ida de pessoas sem sintomas para as Unidades básicas de Saúde.

icone-1 icone-3 icone-2

Municípios que
podem participar

Estão habilitados, a participar deste edital, municípios com mais de 350 mil habitantes (IBGE, 2019) de todas as regiões do Brasil.

Objetivos do Edital

  • 1. Apoiar as Prefeituras disponibilizando por seis meses uma solução de triagem que utiliza um robô com Inteligência Artificial para triar e acompanhar pacientes com sintomas do COVID-19;

  • 2. Oferecer para a gestão municipal uma visão integrada e em tempo real dos pacientes monitorados pela plataforma;

  • 3. Oferecer suporte técnico para a integração dos canais de atendimento da Prefeitura com a Plataforma bem como para acesso e leitura do painel de gestão;

  • 4. Oferecer plataforma tecnológica para a prefeitura conseguir disponibilizar o serviço de teleorientação e de teleconsulta.

Saiba mais sobre como a telemedicina pode apoiar o seu município no enfrentamento da pandemia!

Depoimento: Implementação da plataforma em Curitiba (PR)

"A pandemia do coronavírus têm sido um grande desafio dos sistemas de saúde, que precisou ser conformado para dar conta a vazão dos problemas decorrentes da pandemia. Foi preciso ser muito rápido e utilizar estratégias inovadoras para ter maior abrangência do trabalho, e um grande desafio para se superar. Com a plataforma é possível, você abranger um número muito maior do que aquele com a capacidade dos serviços de saúde tem de fazê-lo pessoa a pessoa, e a pandemia acaba sendo um exemplo bem interessante daquilo que é possível ser monitorado por um sistema que seja inteligente."

Beatriz Nadas - Superintendente da
Secretaria de Saúde de Curitiba.

CONTATO

Para tirar dúvidas e contribuir com sugestões. Deixe sua mensagem.

Realização:


Apoio:

Parceiro:


Parceiro Técnico: