Projetos Institucionais

A Votorantim se propõe a fortalecer a democratização cultural por meio do apoio a projetos que rompam as barreiras sociais e culturais que afastam o público das manifestações artísticas. Para ampliar o acesso às produções, o Instituto dá suporte a organizações que atuam em três frentes principais:

  • difusão cultural: oferta de atividades gratuitas ou a preços populares;
  • capacitação de mediadores que possam facilitar e qualificar o acesso do público;
  • vivência e formação artística: cursos e oficinas com foco na formação educativa ou profissionalizante.

Confira a lista de projetos apoiados diretamente pelo Instituto Votorantim. As iniciativas foram aprovadas em processo de Governança, que contempla validação do planejamento e aprovação do Conselho Deliberativo do Instituto Votorantim*:

2016

Este projeto visa realizar a 32ª Bienal de São Paulo, uma das exposições de arte contemporânea mais importantes do Brasil e do mundo, com a intenção de atualizar o conhecimento e o acesso à produção de arte contemporânea. Reunirá obras de cerca de 120 artistas e tem como curador Jochen Volz.
projeto tem como meta ampliar a missão do MAM de promover o arte e cultura a um maior número de pessoas, além de em um escopo mais amplo, projetar o país como polo de produção cultural que merece ganhar visibilidade nacional e internacional.
Apoio ao Instituto Baccarelli, organização sem fins lucrativos, que oferece formação musical e artística de excelência, oportunidade de profissionalização, suscitando em crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social – preferencialmente da comunidade de Heliópolis, valores essenciais ao desenvolvimento pessoal.
projeto de Capacitação Técnica e Artística no Método Ivaldo Bertazzo visa formar profissionais atuantes no aparato cultural e arte educadores para que utilizem o método na potencialização de suas ações de preparação corporal e vocal. Ao longo de 2015 e 2016 serão oferecidas 156 bolsas integrais para um curso de 72h com material didático e acompanhamento.

2015

O projeto de Capacitação Técnica e Artística no Método Ivaldo Bertazzo visa formar, em 2015, 156 profissionais do espetáculo: bailarinos, dançarinos, músicos, atores, circenses, ensaiadores, preparadores corporais, cantores, gestores do aparato cultural e arte educadores entre outros para que utilizem o método na potencialização da preparação corpo vocal. Além de 72 horas de aulas presenciais, receberão material didático e acompanhamento.
A Camerata Bachiana promove o ensino de música para jovens moradores da comunidade de Paraisópolis, na cidade de São Paulo. A formação recebida por esses jovens é diferenciada, além das aulas no núcleo de Paraisópolis, também participam de aulas com músicos integrantes da Filarmônica Bachiana.
As Oficinas Culturais do Grupo Arial Social possibilitam a formação continuada em dança, música, percussão e capoeira, desenvolvidas de forma ininterruptas desde 2004. Com foco na transformação humana, na formação artística abrangente e na profissionalização, oferece aos seus educandos, atividades artísticas sistemáticas, com profissionais qualificados, além de oficinas de atividades complementares (matemática e português, principalmente) para fortalecimento e sucesso do ensino formal, além de suporte psicossocial.
O projeto Redes do Saber da Fundação Dorina Nowill para Cegos, promove a leitura para pessoas cegas ou com baixa visão por meio do fortalecimento e constante vínculo e promoção de atividades de incentivo à leitura para a pessoa com deficiência visual com bibliotecas, escolas e organizações sociais de todo o Brasil. Para ampliar o acesso à leitura da pessoa com deficiência visual mais 62 títulos em formatos acessíveis Falado e Digital Daisy serão produzidos, totalizando 32 mil exemplares que serão distribuídos gratuitamente para 3.000 organizações de todo o país.
A Itinerância da 31ª Bienal como uma mostra proveniente da Fundação Bienal de São Paulo coloca 70.500 visitantes de outras cidades brasileiras, onde o acesso a manifestações culturais e artísticas de natureza da Bienal não são frequentes, em contato com novas maneiras de pensar e discutir arte contemporânea, por meio das próprias exposições que serão realizadas e do programa educativo que fará parte integrante destas exposições.
O Instituto Baccarelli oferece formação musical e artística de excelência proporcionando desenvolvimento pessoal e criando a oportunidade de profissionalização, com foco em crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, preferencialmente na comunidade de Heliópolis. A entidade gerencia os programas: Coral da Gente, de iniciação musical por meio do canto coral com técnicas de expressão cênica; Orquestra Juvenil, de iniciação e aprimoramento em estudo de instrumentos com experimentação em prática orquestral e a Sinfônica Heliópolis, de prática orquestral refinada e estudo profundo de repertório.
O projeto A imagem: aspectos analíticos e transdisciplinar da M. Porto Ltda realizará um seminário com duração de 3 dias na cidade de São Paulo e o conteúdo do debate é a produção artística contemporânea latino americana. Contará com a participação de artistas, pesquisadores e curadores, nacionais e estrangeiros.

Projetos apoiados pelo Banco Votorantim em 2015

O objetivo geral do projeto é oferecer o ensino básico da música de excelência para deficientes visuais, crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, proporcionando desenvolvimento pessoal e criando a possibilidade de profissionalização. São ofertadas 200 vagas gratuitas para estudantes da rede pública de ensino de Natal e regiões metropolitanas, na faixa etária de 07 aos 20 anos.
O Centro de Educação Musical Brasileiro (CEMB), braço Educacional da Fundação OSB, tem se dedicado a projetos de formação de plateia divididos em três eixos principais: as ações com professores e alunos fomentadas pelo Programa Orquestra em Sala (Palestra didáticas e Master Classes), as iniciativas voltadas para o desenvolvimento musical de jovens inseridos no Coro de Crianças da OSB e os Concertos da Juventude no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Em 2015 terá também os Concertos da Juventude e os Concertos de Câmara da Juventude na Cidade das Artes.
A Temporada da Osesp na Sala São Paulo é a principal referência da música sinfônica na Cidade e no País. É conhecida por oferecer uma ampla gama de possibilidades da música erudita, e é conhecida também por trazer continuamente renomados regentes, solistas e cantores convidados. A Osesp na Temporada 2015, de março a dezembro, oferecerá mais de 100 concertos sinfônicos além da série de Concertos Matinais compreendida em 36 concertos gratuitos aos domingos as 11h na Sala São Paulo.
O Descubra a Orquestra é um abrangente programa educativo que visa desenvolver a apreciação musical em crianças e adolescentes da rede formal de ensino. As crianças são trazidas à Sala São Paulo para assistir gratuitamente aos ensaios abertos e concertos didáticos da Osesp e orquestras parceiras. A eficácia do programa está na transferência do conhecimento aos alunos através dos respectivos professores, que são transformados em multiplicadores e previamente formados em workshops com conteúdos, didática e material para aplicação em sala de aula.
O projeto Domingo Sinfônico leva a Banda Sinfônica ao Grande Auditório do MASP desde 2010. Em 2015 a Banda Sinfônica retorna ao Grande Auditório do MASP para esta série que atrai grande público de turistas e visitantes do Museu. Serão seis apresentações ao longo do ano, sempre aos domingos às 11h.
Uma exposição sobre a trajetória do precursor do abstracionismo, Wassily Kandinsky. A exposição reúne mais de uma centena de obras e objetos de Kandinsky, seus contemporâneos e suas influências.
  • Inhotim para todos é um programa de visitas gratuitas para grupos da sociedade civil organizada de diversos perfis. Trabalha com acessibilidade universal em ações e pesquisas.
  • Descentralizando o Acesso: Visitas Escolares – Desenvolve trabalhos de ações de Formação com Professores e Visita de Alunos ao Instituto Inhotim, cujo conteúdo e relacionamento é potencializado por meio da Rede Educativa Inhotim.
  • Espaço Ciência Itinerante – Instalação de ambientes em salas de aula da rede pública de ensino. Montagem de laboratórios e salas de exibição de vídeos e realização de discussões. Ao final os alunos visitam o Inhotim, quando são estimulados a refletir sobre temas como sustentabilidade e consumo consciente.
O projeto tem como meta ampliar a missão do MAM de promover o arte e cultura a um maior número de pessoas, além de em um escopo mais amplo, projetar o país como polo de produção cultural que merece ganhar visibilidade nacional e internacional.
Cursos de Musicalização através da Flauta Doce e do Canto Coral, para 1.500 crianças e adolescentes de escolas de ensino fundamental e médio da rede pública de Teresina, reforçando a educação artística e diminuindo a evasão escolar. E oferecer para o grande público de Teresina e cidades próximas, 1.300 vagas nos Cursos Livres de Música. Além de 140 vagas na Orquestra Infanto-Juvenil Música Para Todos e 60 vagas na Orquestra Jovem Música Para Todos. O Projeto Música Para Todos desenvolve um trabalho na perspectiva da Formação Cidadã, através da construção do projeto pedagógico, democrático e participativo, em que a formação do sujeito passa ser assumida coletivamente.
A cada ano, 40 estudantes de escolas públicas, entre 14 e 18 anos e de baixa renda, entram para as Oficinas Querô – Turma Básica, onde recebem uma intensa capacitação em audiovisual com o objetivo de inserí-los no mercado de trabalho. São aulas com profissionais do cinema brasileiro, além de atividades de informática, cidadania, empreendedorismo, humanismo e expressão verbal.
Tem por objetivo estimular o desenvolvimento cultural e a inclusão social através da música clássica. No total serão: 1 matinê gratuita para crianças no Auditório Ibirapuera, 1 concerto internacional ao ar livre gratuito no Parque do Ibirapuera, 14 concertos internacionais na Sala São Paulo, 14 palestras do Clube do Ouvinte, 18 Masterclassses e 10 Bolsas de Estudos.
Busca dar continuidade aos cursos de música instrumental desenvolvidos pela Associação, que são direcionados aos moradores de comunidades carentes ao redor do bairro do Morumbi. Visa promover a transformação social através de aulas de percussão para seu público, visa dar ampliação e manutenção do nosso Grupo Artístico, pois a música vem tornando esses jovens integrantes visíveis à sociedade e a arte responde de forma imediata a busca por prazer vivenciada por esses jovens em situação de risco e vulnerabilidade.
O Programa de Visitas Orientadas MASP Votorantim visa atender, agendar e receber grupos escolares, públicos e privados, para Visitas Orientadas de qualidade, realizadas por funcionários do Museu, arte-educadores capacitados, com duração de 1h30 a 3h, incluindo material didático personalizado e lanche ao término da visita.
A Fundação Iberê Camargo desenvolve anualmente um amplo programa de atividades culturais cujo eixo condutor é a preservação e difusão da obra de Iberê Camargo e a exploração, aprendizado e reflexão sobre arte moderna e contemporânea, a partir de uma programação de exposições e Programa Educativo no qual se desenvolvem as principais atividades paralelas às exposições. A programação paralela envolve projetos multidisciplinares como Ateliê de Gravura, Bolsa Iberê Camargo, sítio de internet, Seminário Internacional, manutenção e preservação do Acervo de Obras e Documental, programa editorial. Em 2015 a Fundação irá realizar sete exposições em Porto Alegre e uma exposição de Iberê Camargo na Itália.
A Série FORA DE SÉRIE trata-se de uma inovação da Filarmônica que se destaca como programação especial perante a temporada 2015 da Orquestra. Uma oportunidade que será oferecida ao ouvinte de se debruçar sobre o legado de um compositor e sua obra. Uma experiência única e enriquecedora que em 2015 irá homenagear um dos compositores mais emblemáticos de todos os tempos, Ludwing van Beethoven. Será executado o ciclo completo de suas sinfonias e concertos para piano, que está entre as mais populares e admiradas do universo sinfônico, além de inúmeras aberturas e outras peças com solistas. Serão interpretadas, portanto, concerto a concerto, cada uma de suas nove sinfonias, em nove apresentações sempre aos sábados no final da tarde.

*A Votorantim também apoia outros projetos - culturais ou não - cuja seleção é feita pelas empresas do grupo, de acordo com suas diretrizes.