Ponto de Vista – “A palavra é: juventude”

Compartilhe:

O presidente do Conselho Municipal da Juventude de Sobral (CE), Karlos Patrick, fala sobre a importância de envolver os jovens nos debates estratégicos do município. Patrick – que também é gerente de Inovação, Tecnologia e Monitoramento da Secretaria Municipal de Cultura, Juventude, Esporte e Lazer – vem acompanhando na última década os avanços desse tema na cidade cearense e compartilha aprendizados nesta edição do Boletim AGP.

“Sobral é um município de mais de 205 mil habitantes, segundo o IBGE, e um terço deles possui entre 15 e 29 anos. Apenas esse fato já justifica a existência de uma política estratégica para desenvolvimento desse segmento da população. Nos últimos tempos, há uma mudança na visão sobre a juventude, que por muito tempo era considerada um problema. Os jovens não são mais considerados o futuro das cidades, eles são o presente e devem estar envolvidos na estruturação dos municípios e nas políticas públicas. Mas para isso é preciso haver vontade política dos gestores. Tivemos avanços em Sobral após a criação de uma pasta na Secretaria de Esportes para cuidar da juventude em 2005, que em 2013 se tornou uma coordenadoria e desde o início deste ano é uma secretaria municipal, a Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer. A lei que criou o Conselho Municipal da Juventude foi aprovada na cidade em 2004, mas só se tornou uma realidade em 2011, após essas mudanças na administração. Desde então, temos realizado Encontros Municipais a cada dois anos para eleger os representantes da sociedade civil. O próximo será realizado no dia 25 de novembro. O Conselho Municipal da Juventude compõe o grupo gestor do Sobral de Futuro (iniciativa que tem apoio do Programa de apoio à Gestão Pública e que planeja o desenvolvimento sustentável do município nos próximos 30 anos) e tem sido bastante atuante. Afinal, não dá para pensar as próximas décadas sem envolvimento efetivo dos jovens.”