.
RSS

Área de Negócio - Cimentos (VC).

Síntese - O projeto refere-se à Usina Hidrelétrica de Pedra do Cavalo (UHEPC), construída ao lado de um reservatório de água em operação desde 1985, utilizado para abastecer a cidade de Salvador (BA). Com a geração de energia, o reservatório ganhou uma nova função sem acarretar outros impactos ambientais, uma vez que sua área não precisou ser aumentada.

O principal objetivo da usina é melhorar o atendimento à crescente demanda por energia, no Brasil, por meio de uma fonte existente de energia renovável. Ao evitar a queima de combustíveis fósseis, a Votorantim Cimentos gera créditos de carbono (resultantes da não emissão de gases do efeito estufa) que poderão ser comercializados no mercado internacional. Com capacidade instalada de 160 megawatts (MW), a usina é responsável pela geração de 4% da energia disponível no Estado da Bahia.

Depoimento - “O principal benefício do projeto consiste no fato de que o uso de um reservatório existente desde 1985 para a geração de eletricidade permite adicionar a ele uma nova função, sem incorrer nos impactos ambientais gerados pela inundação de novas áreas” - Patrícia Monteiro Montenegro, Gerente de Meio Ambiente e Co-processamento.

Implantação - No período de março a julho de 2005, ocorreram algumas discussões com a empresa que elaborou o projeto para tratar dos aspectos técnicos e comerciais, antes de encaminhá-lo à Organização das Nações Unidas (ONU). Em seguida, realizaram-se o estudo de viabilidade, a identificação da oportunidade e o desenvolvimento do Projeto MDL, que se estendeu até janeiro de 2006. O projeto passou por ampla revisão e foi validado em agosto, aprovado pelo Comitê Executivo em outubro e submetido para o devido registro – obtido com sucesso – na ONU em novembro.

Desafios - O principal desafio diz respeito à descrença de algumas pessoas e dos parceiros no projeto com relação ao Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) definido pelo Protocolo de Kyoto.

Resultados - A Votorantim Cimentos obteve o certificado dos créditos de carbono, correspondentes ao total de 414 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2), a serem comercializadas até 2012, e equivalentes a uma receita da ordem de R$ 16.767 mil. O período inicial de comercialização dos créditos (sete anos) pode ser renovado por mais duas vezes, totalizando 14 anos.

Resumo – Hidrelétrica com Reservatório Existente “Pedra do Cavalo”
Beneficiados Governo Brasileiro (os créditos gerados entram como valor negativo no inventário das emissões), Instituto Votorantim (receberá 20% da renda obtida com a venda dos créditos de carbono), comunidades que participam de projetos patrocinados pelo Instituto e a VC
Abrangência Usina Hidrelétrica de Pedra do Cavalo
Equipe envolvida

Patrícia Monteiro Montenegro – Gerente de Meio Ambiente e Co-processamento da VC
Braz Ferrari Lomonaco – Gerente VE
Osmarino Jorge Dias – Gerente Geral de Processos da VC
Arnaldo Dias de Andrade – Diretor Técnico da VC
David Canassa – Gerente de Projetos da VPar
Albano Chagas – Diretor de Competitividade e Gestão da VPar
Paula Vieira Fava – Suprimentos da VC
Equipe da Ecoinvest
Paulo Fernando Correa Rocha – Auditor de Projetos VC
Carlos Augusto Noronha Silvério – Estagiário de Meio Ambiente e Co-processamento da VC

Parcerias Ecoinvest e Ministério da Ciência e Tecnologia