Trabalho em rede

A união de esforços com diferentes parceiros agrega conhecimento amplia o alcance das ações sociais e potencializa os resultados

Em 2018, o Instituto Votorantim firmou parceria com a Fundação Banco do Brasil para a realizar um projeto de segurança alimentar e geração de renda em Curral Novo do Piauí, município piauiense localizado a 600 quilômetros ao sul de Teresina onde a Votorantim Energia instalou o Complexo Eólico Ventos do Piauí. O empreendimento é composto por sete parques eólicos e foi inaugurado no início de 2018 com investimentos de R$ 1,1 bilhão. Produz atualmente 206 MW de energia – suficiente para uma cidade de 820 mil habitantes – e tem capacidade instalada de 2.604 MW (quase 13 vezes mais).

A mesma ousadia que o Complexo representa do ponto de vista de negócios se verifica em seus aspectos sociais. Curral Novo do Piauí tem pouco mais de 5 mil habitantes, renda média per capita inferior a um salário mínimo e deficiências do ponto de vista de infraestrutura. Os desafios do local foram identificados pela Votorantim Energia no planejamento e orientaram uma série de intervenções voltadas à redução dos impactos negativos e à potencialização dos positivos desde a etapa de construção. Alguns exemplos: uma ação estruturada para combater a violação de direitos de crianças e adolescentes, um risco que costuma rondar obras de infraestrutura de grande porte, programas estruturantes nas áreas de gestão pública e o estabelecimento de canais de diálogo com a comunidade.

Em 2018, com o início da operação, foi definida a parceria do Instituto com a Fundação Banco do Brasil. Até 2020, as duas organizações investirão um total R$ 1 milhão em ações que visam melhorar as condições de vida, reduzir a desigualdade social e proporcionar o desenvolvimento da autonomia e da cidadania das 26 famílias em situação de vulnerabilidade nas proximidades do Complexo.

A iniciativa é um exemplo de esforço do Instituto Votorantim para estabelecer uma rede de parcerias que se traduza na maior efetividade de resultados na busca do aumento de sinergia entre os objetivos de negócio e sociais nos territórios prioritários das empresas investidas da Votorantim. Seja buscando cooperação ou se abrindo para cooperar com outras iniciativas que estejam alinhadas às suas premissas, o Instituto coloca à disposição suas tecnologias sociais e sua estrutura de suporte e gestão ao monitoramento dos resultados e se disponibiliza a participar de iniciativas que agreguem valor, seja por meio de competências técnicas ou por um viés diferente nos projetos.

O cofinanciamento é outro propósito que vem se expandindo no Instituto, que entende que essa busca por parceiros que possam aportar recursos em projetos possibilita a ampliação do impacto e do alcance do trabalho. “Só atuamos em municípios onde há presença das empresas investidas da Votorantim justamente para assegurar o acompanhamento dos projetos, mas buscamos parceiros que não tenham essa restrição territorial, que acreditem e compartilhem conosco de algumas premissas de atuação social e desenvolvimento local”, afirma Rafael Gioielli, gerente-geral do Institucional do Instituto Votorantim.

Impacto internacional

Em 2018, o Instituto também firmou parceria com a The Resource Foundations, instituição sediada nos Estados Unidos que atua nas captação de recursos no país para investir em projetos sociais em regiões de vulnerabilidade na América Latina. Além de levantar capital para investir em projetos do Instituto, como Apoio à Gestão Pública (AGP), Parceria Votorantim pela Educação (PVE), programa ReDes, Votorantim pela Infância e Adolescência (VIA) e Qualificação de Organizações, a parceria possibilita ampliar a divulgação da atuação social das empresas investidas no exterior. As campanhas de captação de recursos têm início previsto para 2019. “Já selecionamos algumas de nossas tecnologias sociais a serem elegíveis à destinação desses recursos”, afirma Rafael.

Educação

Outro exemplo de trabalho em rede é a participação no Conviva Educação, uma iniciativa da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) coordenada pelo Instituto Natura, que contribui para a gestão de escolas públicas, preparando e fortalecendo a atuação de gestores e secretarias de educação municipais. Em 2018, deu suporte para mais de 90% dos municípios do País. O Instituto Votorantim integra os fóruns de gestão, fornece apoio financeiro à iniciativa e contribuiu para as discussões estratégicas sobre o uso e melhorias da plataforma virtual, que permite com que o Conviva Educação amplie o conhecimento dos gestores de educação. Todos os 104 municípios atendidos pelo PVE em 2018 foram cadastrados na plataforma e puderam utilizar suas diversas funcionalidades, como cursos gratuitos e o Monitoramento do Plano Municipal de Educação.