Sobre

O Programa ReDes foi criado em 2010, fruto da parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Atualmente, também conta com o Fundo Multilateral de Investimentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID – Fumin).

Público-alvo

  • Beneficiários com baixa renda, organizados em cooperativas e/ou associações com foco produtivo.

A iniciativa tem o objetivo de estimular o desenvolvimento sustentável, fornecendo apoio técnico e financeiro para o fortalecimento de cadeias produtivas inclusivas capazes de gerar renda.

Atualmente, o Programa ReDes está presente em 28 municípios, de 11 estados do Brasil, além do Distrito Federal. Sua atuação é voltada às localidades com baixos indicadores econômicos e alta vulnerabilidade social inseridas na área de influência das empresas investidas da Votorantim.

  • Parceiros:

A mobilização nos municípios teve início em 2011, com a finalização dos planos de negócios do primeiro ciclo ocorrendo no ano seguinte. Em 2013 foram realizados os primeiros investimentos em cooperativas e associações locais, totalizando 39 projetos apoiados.

Toda atuação leva em consideração o diagnóstico da situação local, com a identificação de carências e potencialidades regionais.

O Programa ReDes tem uma trilha que dura cinco anos nas localidades, compreendendo o planejamento, implantação e consolidação total dos projetos. Ao final desse período, é esperado que as comunidades já sejam autônomas e gerenciem, por conta própria, a sustentabilidade de seus negócios.

Ao longo de 2016, o Fumin e o Instituto Votorantim realizaram estudos de aprofundamento da metodologia do ReDes, que começou a ser testada em caráter-piloto em 2017. O foco da revisão está principalmente nas etapas de sustentabilidade econômica dos negócios, para que os resultados sejam duradouros.

Até 2020, são previstos R$ 100 milhões em investimentos no programa, divididos igualmente entre o BNDES e a Votorantim.

Áreas de atuação:

  • Abastecimento alimentar: projetos de pesca, agricultura familiar, avicultura, laticínio e apicultura que tenham como objetivo aumentar o valor agregado dos produtos, e/ou organizar a produção e comercialização de maneira coletiva;
  • Comércio e serviços: aprimoramento do processo de prestação de serviços, melhoria do processo de comercialização e ampliação do acesso ao mercado;
  • Economia Criativa: o foco é fortalecer o patrimônio cultural local, com aprimoramento de técnicas e design dos produtos de artesanato, possibilitando que possam atingir outros municípios e regiões do país;
  • Reciclagem: apoio a cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis, colaborando na estruturação

O ReDes também fomenta o fortalecimento de redes institucionais, para alavancar parcerias com governo, sociedade e empresas em suas áreas de atuação.

EM 2016

  • Mais de R$ 8,0 milhões em investimento;
  • Entrada em três municípios (iniciando o investimento em cinco novos projetos);• 28 municípios participantes, de 11 estados brasileiros e Distrito Federal;
  • 52 negócios inclusivos apoiados (ativos e/ou encerrados em 2016);
  • Mais de 2 mil famílias beneficiadas;• R$ 1.500 como renda média das famílias beneficiadas (renda média adicional de R$445/família).

Fomento a Cadeias Produtivas

O programa também atua na frente de incentivo das cadeias produtivas locais, com base no diagnóstico da unidade Votorantim na região.

Com base nas demandas identificadas, as organizações locais propõem projetos desenvolvidos por grupos produtivos. As ações são focadas no planejamento estratégico dos negócios, melhorias da gestão administrativa ou consultoria técnica para aprimoramento de produtos e estratégias de comercialização.

O Instituto Votorantim participa dos processos de seleção e revisão dos planos propostos.

Para saber mais sobre o Programa ReDes, acesse o site
www.programaredes.com.br

Números (de 2010 a 2016)

53 negócios
apoiados
61 mi aplicados
(Votorantim e BNDES)
70% dos projetos ativos
(produção e comércio)
1900 famílias
beneficiadas
11 estados
de atuação
50% dos negócios com
expansão de receita

Vídeos das ações do Programa ReDes

Confira outros materiais relacionados